sexta-feira, 11 de setembro de 2009

Pobreza norte americana.


Há 12 anos os Estados Unidos não tinham uma taxa de pobreza tão alta. Em 2008, durante a recessão econômica do país, a parcela pobre da população norte-americana foi de 13,2%. Em 2007, era de 12,5%. Especialistas ouvidos pelo The New York Times acreditam que as altas taxas de desemprego de 2009 vão pressionar ainda mais o índice para cima. No total, são 39,8 milhões de pessoas vivendo abaixo da linha de pobreza, definida por uma renda anual de US$ 22 mil por família de quatro pessoas. A renda familiar média também sofreu com a recessão. Caiu de US$ 52,2 mil anuais em 2007, para US$ 50,3 mil. “Vemos uma década perdida para a típica família americana”, disse um economista da Universidade de Harvard.

Um comentário:

Raquel disse...

Quem disse que a "América" era imune?São hoje alvo de sua própria ganância!Agora sim: "A América para os americanos"!