sexta-feira, 11 de setembro de 2009

Imagem ruim


Um relatório do departamento do Trabalho dos Estados Unidos afirma que 11 setores da economia brasileira, como pecuária e calçados, usam trabalho infantil como mão-de-obra. A lista, que traz 122 produtos de 58 países, foi elaborada com o objetivo de conscientizar os consumidores norte-americanos sobre a origem do que está sendo comprado. Em número de ocorrências, o Brasil ficou empatado em terceiro lugar com Bangladesh, depois de Índia, com 19 setores, e Mianmar, com 14. De acordo com O Globo, por outro lado, o Brasil é apontado pelo mesmo relatório como um dos países mais “transparentes”, que admitem o problema e permitem a publicação de dados. O governo brasileiro mostrou indignação em relação à publicação. Para o Ministério das Relações Exteriores, faltam transparência e confiabilidade ao documento, que pode servir de pretexto para medidas protecionistas contra os países citados.

3 comentários:

Guilherme C. Neri disse...

È aquela velha historia
"eu posso ter, mas você não deve ter"

Nayara disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Nayara disse...

é uma vergonha num país em constante desenvolvimento como o Brasil ainda existirem práticas tão absurdas como o trabalho infatil.
Esse, como vários outros problemas, é reflexo da deficiência de politicas de inclusão social e principalmente de um sistema educacional digno para a população mais carente do nosso país.