segunda-feira, 21 de junho de 2010

Ficha Limpa pode tirar das eleições pelo menos 36 congressistas.


Levantamento feito pelo jornal Folha de S. Paulo mostra que graças à lei Ficha Limpa, trinta e sies deputados e senadores candidatos a reeleição entraram na mira do Supremo Tribunal Federal (STF) e estão ameaçados de ficar inelegíveis por serem investigados por práticas como trabalho escravo, corrupção, crimes eleitorais e até homicídio. Segundo a reportagem, se condenados eles não poderiam concorrer neste ano graças à Lei do Ficha Limpa. Como o julgamento dificilmente ocorrerá até o registro das candidaturas, devem ficar aptos ao pleito.

2 comentários:

ricardo disse...

A lei no momento parece ser esperançosa,mas pensamos bem.como no ultimo caso visto o nosso amigo Arruda, foi afastado e passou alguns dias na cadeia, mas todo dinheiro que roubou (vamos colocar dessa forma literal), que fim teve ?foi devolvido ?Essa é a pior coisa que há em nós, esquecemos muito fácil dos acontecidos.Apenas deixamos pra lá.O senadores ,ha pouco tempo, aumentaram seus salários em 18%, e quem se importou com isso ?E o deputado que construi o seu castelo com o seu dinheiro suado, alguém lembra ?
A lei ajuda, mas o brasileiro talvez não mude e ainda continuara a esquecer das coisas.Hoje ninguém vai mais as ruas brigar pelos seus direitos ,porque, simplesmente hoje as coisas estão mais faceis e assim, acomoda-se a preguiça. O brasileiro esquece de seus direitos.A lei deve ser fiscalizada, tanto pela lei, quanto por nós.

ricardo disse...

A lei no momento parece ser esperançosa, mas pensamos bem. Como no ultimo caso visto o nosso amigo Arruda, foi afastado e passou alguns dias na cadeia, mas todo dinheiro que roubou (vamos colocar dessa forma literal), que fim teve ? Foi devolvido ? Essa é a pior coisa que há em nós, esquecemos muito fácil dos acontecidos. Apenas deixamos pra lá. Os senadores ,ha pouco tempo, aumentaram seus salários em 18%, e quem se importou com isso ? E o deputado que construí o seu castelo com o seu dinheiro suado, alguém lembra ?
A lei ajuda, mas o brasileiro talvez não mude e ainda continuara a esquecer das coisas.Hoje ninguém vai mais as ruas brigar pelos seus direitos ,porque, simplesmente hoje as coisas estão mais faceis e assim, acomoda-se a preguiça. O brasileiro esquece seus direitos. A lei deve ser fiscalizada, tanto pela lei, quanto por nós.