quarta-feira, 1 de julho de 2009

História em quadrinhos (47)


6 comentários:

Luísa disse...

É imprecionante como os proficionais da educação estão sendo desvalozizados com esse pensamento eroneo contemporanêo sobre as responsabilidades dos jovens,que estão sendo cada vez mais supre-protegidos por seus progenitores fazendo com que cresçam sem a ideia total de MUNDO,e com total iresponsabilidade,sem saber seus deveres de cidadãos formando cada vez mais uma sociedade sem uma mentalidade educativa,social,econômica, sem valores, e sem etica moral,afinal a base de tudo é a educação.

Maquina Mortifera disse...

Parabéns pelo pensamento Luisa, isto mostra que a sua FAMÍLIA foi organizada nos padrões corretos de uma SOCIEDADE tradicional.Que nos dias de hoje busca acima de tudo as aparências.

Victor disse...

Essa tira apresenta algo bastante reflexivo,essa falta de moral dos pais com seus filhos é um dos fatores responsáveis tanto pela desmoralização da família,quanto pela desmoralização das escolas.
Vou entrar no mérito apenas do setor privado,temos pais que acreditam em algo preocupante:o simples fato de pagar a escola faz com que ele não tenha responsabilidade na educação escolar dos filhos,atribuindo apenas ao professores os fracassos de seus investimentos.
É necessário retirar essa cultura e saber até aonde o professor,o aluno e a família apresentam culpa!

nathalia_macedo_ disse...

Concordo plenamente com o comentário da Luísa, impreSSionante como os profiSSionais são desvalorizados.

Anônimo disse...

...

Lady disse...

é muito interessante, além de triste, ver a realidade da 'educação' atual... e eu só atribuo o comportamento representado nesse quadrinho ao fato de termos chegado ao tempo onde não existe mais o famoso: " a bênção pai?!, a bênçao mãe?!" se o jovem hoje não respeita nem aos pais, que lhe deram a vida, casa, comida, conforto... como vai respeitar um professor que 'só' pode lhe oferecer conhecimento? ainda me lembro de uma aula em que Adailton disse: "é, chegamos a geração 'academias lotadas e bibliotecas vazias'"... que pena! Bosco, um bjão! to com muitas saudades de vc! ass: Talita (pré-2008)