terça-feira, 7 de abril de 2009

Lobão confirma que o Brsil estuda ingressar na OPEP.


Não chega a ser uma novidade a hipótese de o Brasil ingressar na Organização dos Países Exportadores de Petróleo (Opep), mas a entrevista do ministro de Minas e Energia, Edison Lobão (foto), ao jornal espanhol El País mostra que não se trata apenas de um boato. Ele confirmou que já recebeu "vários convites" dos países membros, inclusive da Venezuela, “com insistência”. Lobão diz que “o Brasil está avaliando essa possibilidade”, mas fez uma ressalva: para tanto, o país precisa tornar-se primeiro um exportador - hoje, é apenas autosuficiente. O que faz a Opep se interessar pelo Brasil é a camada do pré-sal, que provavelmente nos fará um exportador importante desse setor.

3 comentários:

Guilherme C. Neri disse...

bem, nao sou experti no assunto, mas qual vai ser o efeito politico e economico que isto vai causa do no Brasil ?

Viviane disse...

O Brasil é autosuficiente, porém ainda não é o momento de se juntar a opep, é algo a se pensar futuramente, quando além de autosuficiente, o Brasil possa manter um mercado "consistente" de exportação. Mas, com certeza a participação do Brasil nessa organização será lucrativa e importante para o país.

Maquina Mortifera disse...

caros amigos GUILHERME E VIVIANE, gostei do comentário de ambos, provam que estão antenados com os acontecimentos nacionais. A tão propalada auto-suficiência na produção de petróleo nada significou para a melhoria das condições sócio-econõmicas da nossa Nação.De que adianta entrar para a OPEP, se nem conseguimos explorar as reservas pré-sal vistas como o supra-sumo das reservas mundiais intocáveis.