sexta-feira, 17 de abril de 2009

Divulgados relatórios de tortura por agentes da CIA.


A maioria dos jornais americanos reservou suas manchetes para a notícia de que o Departamento de Justiça dos EUA liberou documentos que descrevem detalhadamente os métodos brutais de tortura executados por agentes da CIA (central de inteligência americana) contra supostos terroristas ligados à Al-Qaeda. Entre as práticas estavam deixar o interrogado até 11 dias sem dormir e colocá-los em uma caixa escura e sufocante, cheia de insetos. Segundo o The New York Times, esses métodos foram autorizados por George W. Bush em 2002 e foram utilizados até 2005 em prisões secretas da CIA fora dos EUA. Mas o que mais chamou a atenção da mídia foi a decisão de Barack Obama de não processar nenhum dos agentes envolvidos, apesar de ter deixado aberta a possibilidade de julgamento para quem agir sem “autorização legal”.

Um comentário:

Maquina Mortifera disse...

Amigo DADÁ Maravilha, tudo que disserem que o governo de Baby-Bush fez de desmandos e imoralidade deve ser prontamente acreditados, uma vez que o mesmo não tinha a menor resposabilidade com nada de nada, a não ser com aqueles que patrocinaram sua campanha, como as empresas petrolíferas e armamentistas. Um abra~ço do seu sempre amigo João Bobô.